ORAÇÃO DE QUEM ACABOU DE SE MASTURBAR



 
Realmente é difícil vencer um vício que praticamente faz parte da vida de qualquer um, que faz parte da vida de uma pessoa “normal”. Mas por que é proibida, pela Bíblia, essa prática tão comum? Por que tantas lendas e mitos e cercas e arames farpados que isolam esse ato, que é praticamente, necessário? Por que é pecado? A questão do pecado está na mente, na qual, ela em si, se polui com pensamentos pornográficos e cobiças indevidas e até mesmo absurdas. 

Acabei de cometer um pecado, me masturbei. O que fiz? Orei! Isso que eu fiz, mas sabe... Vem aquele desgosto, arrependimento e um forte desejo de nunca mais fazer isto de novo, vem a vontade de mudar, de melhorar, de ocupar a mente com outras coisas... Mas sempre é a mesma coisa, a mesma oração. Nessas orações sempre vem às indagações que todos que têm na consciência que tal prática é pecado, fazem: 

ACABEI DE ME MASTURBAR MEU DEUS! 

“Meu Deus, por que fiz isto?”
 “Por que isto é pecado?”
“Perdoa-me Senhor?”
“Será que tenho perdão, mesmo sabendo que posso voltar a fazer de novo?”
“O que faço Jesus?”
“Onde encontro ajuda?”
“Será que é possível viver daqui pra frente sem esses desejos?”
“Será que é possível alguém viver sem se masturbar a vida toda?”

E a busca por esclarecimentos sobre o assunto acaba virando uma fome causada pela preocupação, pois isto é, aparentemente, um tema tão complicado de se entender. Acontece que, por mais que façamos artigos explicando passo a passo, teorias e verdades a cerca do assunto na visão religiosa, parece que é mesmo  que nada, a compreensão não abre os olhos e as evidências não são satisfatórias, sabe por quê? Porque sempre é a mesma coisa. Posso passar uma semana, duas e até mesmo um mês sem fazer isso, mas uma hora a vontade vem, e vem mais forte, e vem aumentando e quando me dou conta, já estou rezando a oração pós-masturbação. 

Por que procurar ajuda na internet – onde os jovens buscam auxilio nessa luta contra o tal “pecado”-  em artigos, em blogs, em vídeos do youtube, em pregações que falam sobre o assunto se nada vai adiantar? Poxa! será que existe um testemunho de alguém que diga: “Eu venci o vício da masturbação!”.  Difícil, quase impossível; mas se tivesse como seria? Será que essa pessoa iria dizer que isso é um demônio e iria bradar que foi liberto (a) de tal maldição de desejos comuns que é propício se manifestar em todos por ser algo natural, como manipulação satânica?

Por que a vontade é mais forte justamente na época da santa ceia? Poxa vida! Mas espera aí! Eu não tenho que evitar pecar, ou cometer coisas que desagradam a Deus somente em época de santa ceia, pois devo estar preparado a todo instante, pois minha esperança e minha redenção vêm, não é no culto da cerimônia, mas sim a qualquer momento. Pois é esta a minha preocupação! Ronda nas cabeças de jovens cristãos até o medo de Jesus voltar e a pessoa está lá com a mão no palhaço. Já pensou!? Eu sei que já. É terrível!

Misericórdia! 

Neymarques Feitosa!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?