NINGUÉM PENSA NO LADO BOM DA EVANGELIZAÇÃO NA REDE GLOBO?

Escrito por Neymarques Bezerra


Certo que muitos estão indignados com os cantores gospel que andam pairando pela Rede Globo. Dizem que muitos estão se ajuntando a Babilônia, comparando a grande emissora como algo terrível para os evangélicos, visto que a emissora sempre ataca as outras emissoras evangélicas, e também porque muitos evangélicos ouvem vários testemunhos de ex-bruxos que dizem que a Rede Globo é do capeta.

Vi muito esses vídeos dos testemunhos, e há um pouco de veracidade. Certo que a emissora não tem compromisso nenhum com o evangélicos visto que, sempre propaga o ecumenismo dando muita ênfase ao espiritismo. Isso ronda o meio evangélico extremista. 

A emissora agora está cedendo muitos convites aos cantores gospels e eu, particularmente, acho algo muito bom. É claro que tudo tem seus dois lados, e com certeza há o lado negativo desse "novo tempo". E olhando pelo lado positivo disso, sem enxergar com preconceito a emissora comparada a Babilônia, um lugar cheio de pecados que jamais se prostrará diante de Deus; teremos uma visão limitada ao maravilhoso e grandioso poder de Deus. Assim, todos começam a criticar negativamente tanto os evangélicos que vão, como a própria emissora.

Mas fazendo uma outra comparação da emissora, olhando pelo lado positivo, fazendo comparações a respeito de "impérios" bíblicos, ao invés de ver a emissora como a Babilônia, vamos comparar com a magnifica cidade de Nínive, na qual ninguém teve coragem de adentrar na cidade para pregar o amor de Cristo, nem mesmo o profeta Jonas (Jonas 1.3). Muitos ao invés de ter a coragem de adentrar no grande império de comunicação para fazer algo de proveito a respeito do reino dos céus e da propagação do evangelho, fazem é criticar os que vão lá, têm a coragem e fazem o que podem para que Cristo seja anunciado. 

Não vejo os cantores gospel como uns hereges que podem ameaçar o meio evangélico simplesmente pelo fato de estarem recebendo esses convites para pregarem Jesus o Salvador pela grande emissora. Vemos até mesmo a Xuxa (Maria das Graças Meneghel) chorando por causa do hino entoado em seu programa pela cantora Aline Barros, um hino que não tem certas heresias e que toca mesmo os corações (Ressuscita-me). 

Se enxergarmos a emissora como a grande cidade de Nínive, que era vista como uma cidade que não tinha mais jeito, pois tinha muitos deuses e as pessoas eram demasiadamente perversa que não sabiam discernir o que era mão direita ou esquerda (Jonas 4.11), podemos ver uma grande luz no fim do túnel. Quem sabe a Rede Globo não se quebranta com a Palavra de Deus que é poderosíssima e algo tremendo e grandioso aconteça como aconteceu com Nínive? Pois pra Deus nada é impossível (Mateus 19.26). Mas essa tese pode ser aniquilada por várias teses, por causa da propagação do ecumenismo.

Neymarques Feitosa.

Mural de Comentários do Facebook