DEUS ME DISSE: SE VOCÊ ORAR PEDINDO PARA EU MATAR, EU MATO.

Sim, essa foi uma frase forte demais. Eu a escutei de uma irmã da minha igreja, que por mais que não pareça pela frase, ela é uma irmã sincera e piedosa. Nós, conversando sobre as maravilhas de Deus, naquela alegria, nos deparamos com algo forte e bom pra ser discutido. Ela é daquelas irmãs que gosta muito de profecias, que diz: sonhei, sonhei, e que por ser uma "usada" por Deus, diz que tem muitos "inimigos".... enfim. Tudo tranquilo, acredito muito na sinceridade dela, contudo ela soltou algo que me fez abrir um leque de questionamentos em minha cabeça. " Irmão Ney, Deus já me disse: Minha filha, se você orar para eu matar, eu mato" Enfatizando ela a cerca dos "inimigos", como se Deus estivesse se dispondo a ser uma espécie de atirador de elite dela.

Fiquei perpléxo com tal "afirmação". Para reforçar o argumento dela, ela citou casos do Antigo Testamento, como o de Eliseu, que seus inimigos morreram quando foram contra a vida dele - Isso lá por 2° Reis 3.1-20 - e com isso Deus faria a mesma coisa contra aqueles que se levantam contra o ungido de Deus.

*Mas isto procede? 
*Hoje, no Novo Testamento, Deus mataria alguém só porque você pediu a Ele pra matar? 
*E o amor de Deus, onde fica nisto tudo?
*E o amor ao próximo? 
*E o amor pelos inimigos, a Bíblia não fala sobre isso?

Essas e muitas outras perguntas vieram a minha cabeça, mas a Bíblia é sensacional em nos deixar claro as situações mostradas nela mesma. Analisaremos a maneira de Deus tratar com os perversos no tempo do antigo pacto: Israel era a única nação que seguia os preceitos de Deus e de moral relevante, incitada pelo próprio Deus, não só à Israel, mas ao mundo todo (Ec 12.13). As nações, naquela época eram tão perversas, mas tão perversas que chegavam ao ponto de sacrificar seus próprios filhos, por causa da densidade mútua de pecado da idolatria, enfestada em todas as nações, mostrando assim a dura resistência de aceitar o bem e as verdades de Deus. Então Deus tinha Israel, como ferramenta de justiça contra aquelas nações, e assim, ajudava a Israel, livrando-os de seus inimigos. Por isso que Davi orava ao Senhor daquela forma.

Mas hoje? Hoje é diferente. Diferente como, Deus mudou? Não, Deus não muda (Malaquias 3.6), e não muda mesmo; quando falamos que Deus não muda, falamos que ele não muda as suas características que são eternas, como o amor, que ele é justiça, que ele é misericordioso, bondoso... Isso ele nunca vai mudar, porém, a forma dele tratar com cada nação, com cada tipo de povos e com cada indivíduo é diferente. E a maneira dele tratar com a humanidade no Novo Concerto é diferente da maneira que ele tratava as pessoas de antigamente. Jesus faz essa comparação de diferença explícita, incrívelmente, bem no contexto de como devemos proceder na oração, em relação aos nossos inimigos.

Lá em Mateus 5.43-48 é claro. Vejam: Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.

Bom, Jesus faz a comparação de como era, e de como ele queria que fosse. Bom, Jesus morreu por todos (João 3.16), Deus é amor (1 João 4.8), Deus não faz acepções (Romanos 2.11) e deseja que todos sejam salvos e tenha o pleno conhecimento da verdade (1 Timóteo 2.4); se tudo isso é verdade e a Bíblia afirma, que coerência tem, então, na afirmação da irmã? Eu gostaria de uma explicação bem convincente, enfatizando isso, porque não foi só dela que ouvi tal coisa, e sim de muitas outras irmãs e irmãos.

Mais evidências bíblicas? Sim. Tem um texto maravilhoso em Lucas 9 que é um golpe fatal contra essa falácia triunfalista e egoísta "pentecostal". No verso 54 os discípulos sugerem a Jesus: "O senhor quer que a gente mande descer fogo do céu para acabar com estas pessoas?". E qual foi a maravilhosa resposta do grande Deus de amor? Versos 55-56: "Vocês não sabem de que espécie de espírito vocês são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, Mas para salvá-los". Vamos ficar com quem? Com o que certos profetas dizem por aí, que Deus vive dando autoridade de vida e destruição de pessoas, sendo que nem o próprio Jesus faz uma barbaridade dessas, ou com a amorosa Palavra de Deus?


Por isso, eu prefiro ficar com a incontestável Palavra de Jesus, o próprio Deus, que diz que não devemos desejar o mal pra ninguém, ainda que seja os nossos inimigos. Uma pessoa que chega a tal ponto, com certeza passa por situações adversativas, onde o desejo do mal contra o "inimigo", vamos se dizer assim, é inevitável, pois é instinto humano; porém, Deus nos aconselha, no final do texto, a sermos perfeitos, como Deus é perfeito. Se Deus é amor, quer o bem de todos, ama a todos sem acepção, por que não vou buscar essas mesmas característcas?

Então, se vemos, na Bíblia, claramente que a nossa luta não é contra o sangue e nem contra carne (Efésios 6.12), porque vou incitar, contra um irmão que, aparentemente, é meu oponente? De forma nenhuma. Se nossa luta é contra as potestades, pode ser que tal pessoa se opõe contra nós seja incitado pelo inimigo de nossas almas a agir assim; sendo assim devemos orar, batalhar espiritualmente contra o nosso inimigo, o diabo e orar em favor dos que estão presos por Satanas a serem verdadeiramente libertos do mal, para que tenham o pleno conhecimento do amor de Deus e da verdade em Cristo para que sejam salvos.

Amém.

Neymarques Feitosa. 

Comentários

  1. Parabéns por explicar tão bem e usar textos bíblicos para tal. Que Deus o abençoe cada vez mais em nome de Jesus!

    ResponderExcluir
  2. ORAÇÃO DE SÃO CIPRIANO PARA MATAR UMA PESSOA

    Pelos poderes de São Cipriano e das três malhas pretas que vigiam São Cipriano (HNS) vai morrer agora urgente, quero que você (HNS) morra de rasto, andando, correndo, desesperado, louco para se matar o mas rápido possível. São Cipriano eu terei esse poder que (HNS) morra e deixe de uma vez definitivamente de viver e deixe, amigos, casas e família, para assumir que vai se matar. São Cipriano faça com que (HNS) morra urgente ainda hoje e agora desejando morrer o mais rápido (HNS) se mate muito rápido, quero que (HNS) tenha a certeza que vai se matar e que (HNS) não possa mas viver e tenha a certeza que é melhor se matar, e tenha sempre a imagem da morte em seu pensamento em todos os momentos de sua vida, agora com quem estiver, onde estiver (HNS) será arrancado daí, porque o pensamento dele está em se matar que não coma, não durma, não consiga trabalhar e se mate. São Cipriano faça (HNS) se matar, que (HNS) sinta ódio e nojo e rejeite outras pessoas que tiverem interesse nele, para dedicar em se matar e que se mate ainda hoje, pois somente a morte vai querer, que tenha tesão somente por morrer e que seu corpo seja morto, que só tenha paz se estiver morto. Agradeço São Cipriano por estar trabalhando em meu favor e vou divulgar seu nome publicando essa oração sete vezes seguidas em troca de matar definitivamente (HNS) e se mate o mas rápido possível. Peço isso aos poderes das três malhas pretas que vigiam São Cipriano. Assim Será, Assim Será, Assim está feito e jamais será desfeito. AMÉM, AMÉM, AMèm

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?