O poder da música!


Não entendo como hoje em dia muitos querem tapar o sol com a peneira, principalmente os que se dizem Cristãos evengélicos. De muitos termos em relação ao secularismo que toma de conta da nossa alma profundamente é a música.

A música tem um grande poder de paralizar a nossa Alma. A música tem um grande poder de ir fundo na alma e buscar bem do interior a mais profunda e escondida nostalgia, fazendo nos sentir o perfume do amor antigo, vivenciar o passado e nos depreciar. A música tem o poder de tocar o espírito. A música incomoda os espíritos. A Bíblia nos revela o poder que a música tem; Saul era atormentado por um espírito malígno ( Sm 16.14-15 ), porém só se sentia aliviado quando Davi tocava sua harpa ( Sm 16.23) e o espírito malígno não resistia e se retirava de Saul.

A música é eterna, antes de nós existirmos a música sempre encantou, encanta e encantará os ouvidos do nosso Senhor Deus. A música tem tanto poder que chega a tocar ao coração do próprio Deus. Tanto, que os serafins vivem o tempo todo louvando ao Senhor na sua glória; semelhantemente nós também aqui na terra vivemos o tempo todo louvando a Deus por sua grandeza e seus atos poderosos (Sl 150). Esse louvor nunca cessa, eternamente conviveremos com a música dentro de nós, fluindo através de nós para a exaltação do nosso Senhor Jesus Cristo eternamente.

O que me encabula em relação a musica, tanto secular como os novos rítimos vindos dos prazeres musical do mundo para dentro da igreja é a forma de como os cristãos preferem as musicas modernas, as tais "gospel". No mundo podemos observar que o que mais mexe conosco em uma música não é a expressão da letra em si e sim a melodia certa, as notas em harmonia que mexe com a nossa mente e nos faz voar nos ares da imaginação.

Aqui no Brasil por ser um país estrangeiro para o centro de onde vem as musicas mais bem produzidas e conhecidas no mundo todo que é os Estados Unidos e a Europa , de onde saem as musicas que comandam os gosto da era atual. Musicas internacionais muita gente gosta, mesmo sem entender bulhufas do que o cantor está querendo expressar, simplesmente porque a música é bonita, envolvente e capaz de nos prender a ficar escutando muitas e muitas vezes. Vemos que o principal interesse não é pelo que diz uma canção e sim a harmonia da melodia que nos dar um prazer inexplicável de se sentir quando ouvimos.

Para nós cristão o que deve prevalecer é o louvor. Louvor é o nome dado a "música" que entoamos na igreja. Louvor, conforme meu dicionário da Língua Portuguesa Aurélio, significa: Elogio, encômio. .Glorificação, exaltação. Vemos o que o dicionário fala conforme o louvor da igreja para com Deus, o único dígno de louvor e exaltação, nos mais belos hinos compostos "antigamente", esses sim são louvores de verdade, onde o que realmente importa é a expressão imposta pelos compositores, falando das Grandezas de Deus, da obra redentora do nosso Senhor Jesus Cristo e as maravilhas que Deus faz por nós - isso com louvor sincero e verdadeiro, bem cmposto e levando em consideração a letra de exaltação. Assim como os hinos da harpa onde em muitas igrejas já não levam mais em consideração os belos hinos da Harpa Cristã pelo simples fatos de serem antigos. Como já escrevi em um dos meus artigos aqui, que um amigo meu me falou com muita ira dizendo: "Eu odeio os hinos da Harpa Cristã.... Credo!"; e é por que o sonho dele é ser um grande adorador e ainda quer gravar um CD de adoração.

Pessoas que andam por aí dizendo que não vai muito com a cara do hinos da harpa, tenha cuidado com ele e ore muito, mas muito por ele, por que ele não está preparado pra ir pro céu; por que no céu só entra verdadeiros adoradores, é o que vamos fazer eternamente, é adorar ao Senhor nos céus. A minha implicancia não é com pessoas que não gostem ou não deixem de gostar dos hinos da harpa. Ora os hinos da harpa são antigos, e quando é entoado em casa, num culto domestico, ou numa campanha de oração ou numa evangelização na rua não nescecitamos de instrumentos musicais para dar a melodia necessária para louvar a Deus. Deus recebe o nossos louvores só mesmo a expressão da letra que entoamos, é a parte mais bonita e proveitosa de um louvor.

Percebo que os hinos atuais já não são mais compostos com a beleza da expressão, emcômia perfeita e agradável, por que o que prevalece hoje é a melodia, os instrumentos o estilo da melodia. Os louvores hoje, pelo que vejo, não tem nada de louvor. São musicas que satisfazem os desejos da mente e da concepção de prazeres mundanos. Hinos sem um pingo de unção; axo que muitos compositores de hoje não sabem mais de como reunir as palavras de agrado ao Senhor.

Tem um hino na nossa Harpa Cristã de número 126 que diz: "...Os mais belos hinos e poesias foram escritos em tribulação..." Os compositores atuais, na qual são cantores também, cantores-ídolos (como diz o grande escritor Ciro Sanches) que compõe os seus "louvores"; são ricos, cada "Shows" arrastam milhõe$... E quem é que vivem em tribulação assim? Daí percebemos a falta de unção e inspiração para se compor louvores; só Davi. Não tem muita coisa de proveito nesses hinos compostos hoje em dia que parecem mais com músicas romanticas e monótonas.

Há jovem que escute musicas mundanas internacionais e para se sarfar das críticas em relação as paixões (Cl 3.5 ), dizem está ouvindo musicas góspel, porém em inglês. Como vi uma cena assim, em um retiro um jovem "crstão" viajava nas musicas do Evanescence quando uma irmã indagou: "Menino, você...? Escutanto música do mundo... Heim?" A irmã não conhecendo que musica era, se conformou quando o jovem expressou a palavra mágica: "É gospel!".

Bom! Concluindo, eu quero enfatizar o fato de que temos que ter cuidado com os tais "louvores" que rondam dentro da nossa igreja, que tem até poder de tirar a nosso unção. É algo que pode se transformar em uma arma poderosa, e é o que Satanás mais sabe trabalhar bem é nessa questão; claro, ele encatava a Deus com seus louvores quando regia a orquestra dos céus. As vezes nenhuma pregação daquelas quentinhas, vindo diretamente dotrono dos céus não tocam na alma tanto quanto uma música deslumbrantemente perfeita que atinge o íntimo e tem poder de nós fazer chorar, as vezes até nos deprimir. O nosso adversário sabe muito bem como nos afetar nessa área.

Na Paz de Cristo Jesus nosso Senhor.

Neymarques Feitosa.

Comentários

  1. A Paz do Senhor!

    Gostei do seu posicionamento referente aos hinos da Harpa Cristã.

    Para acrescentar conhecimento sobre a Harpa Cristã, deixo aqui o endereço do meu Blog:
    http://harpacrista-fragmentos.blogspot.com/

    Benaía

    ResponderExcluir
  2. Oi irmão Nemraques!

    Bom dia!
    Paz e graça do Senhor Jesus Cristo estejam com você!

    Que muita saudade e muita vontade de ler este blog! Perdoe-me pela minha ausência, pois eu estava estudando muito.

    É verdade, para o pior, meus irmãos preferem ouvir as músicas do mundo ao invés de músicas da Bíblia e harpa cristã.

    Deus te abençoe!
    Continue firme na obra de Deus!

    Gustavo

    ResponderExcluir
  3. Olá meu nome é igor e sou baixista rumo ao aperfeiçoamento e gosto de todo tipo de música(menos pancadão), mas eu axo que músicas legais agitadas ou até rock pesado foi feito geralmente para cristo, tem uma banda que eu gosto muito dela,ela parece ser emo, o nome dela é adorelle...e uma música que eu gostei muito é meu belo jesus,olha a letra....
    "Meu belo jesus,tu és o meu Rei. A minha certeza de que tudo vai bem. Ainda que as trevas, se mostrem aqui. Me firmo na rocha e tu vens sobre mim..." e eles tocam rock...
    E a banda Avenged Sevenfold (Vingado sete vezes),colocam mensagens subliminares como...vá a igreja, se converta, Deus existe e muito mais...
    eles tem tatuagem, e parecem muito pessoas do mundo mas muitos que ouvem as músicas deles querem começar a ir para igreja se converter e muito mais...é um trabalho missionário interessante, então digo somente que depende do seu coração.

    ResponderExcluir
  4. Olá Anonimo, Eu não gosto muito de estar postando mensagens anônimas, principalmente de pessoas que se dizem Cristãs. Se somos Cristãos, não devemos nada a ninguém, e nem temos nada a esconder, ainda mais no âmbito do que se diz, divindade e complementos.

    Recebi se comentário, concordo com você em algumas partes. Só que não entra na minha cabeça essa de que alguém é ganho, aceita a Jesus por cauas de rock, samba, reague e entre outros. O que nos faz aceitar a Cristo como Salvador é a PALAVRA DE DEUS. E conhecereis a Palavra e a Palavra vos libertará (Jo 8.32).

    Assim como Deus pode ter feito todos os rítimos, os instrumentos e tudo mais, (um pensamento pequeno e paia esse que eu vou ter). Deus também fez toda sorte de ervas, inclusive a maconha. Mas o que há com a maconha? "Estão usando da forma indevida". Assim como Daniel, que foi posto diante dele um banquete contendo toda sorte de alimentos, Salada, frango, picanha, frutas e tudo isso são elementos de coisas que Deus fez. Daniel não queiz se corromper, porque? Ele não podia comer? Aliás não foi Deus quem fez tudo aquilo? Ou melhor"Não foi Deus quem fez todas as coisas?" e porque não podemso usurfruir de todas elas?

    Anonimo, a bíblia Diz, tudo é lícito mas nem tudo convém. E esse puder devemos ter em tudo, até no que se diz da ADORAÇÃO. ADORAÇÃO é o ato de elevar o que há de melhor de nós, pois Deus só nos dar o melhor. Aí você vai no mundo e escolhe por exemplo o funk pra adorar a Deus. Olhando o funck na visão secular, ele é um rítimo devasso, pornografico e sem pudor. Sem contar que o funck é mal visto pela própria sociedade secular. aí nós vamos pegar o funk, que não tem boa fama, e jogar dentro da igreja para direcionarmos ao Céu?

    Tudo bem, mudamos as letras e tudo mais, amas a escência mundana permanece.

    Então Anonimo, como te falei. Musica nenhuma salva ninguém e sim a PALAVRA DE DEUS, o VERBO, JESUS.

    Pense nisto.

    Na Paz.

    ResponderExcluir
  5. Neymarques Feitosa
    Meu nome é Rodrigo.... eu discordo muito com o seu ponto de vista
    Vc mesmo disse que a pessoa não se converte com a musica e sim com a palavra de Deus, eu discordo porque a musica é algo profundo que pode nos levar a lugares infinitos, como a aoração a biblia, a musica tambem é um meio de nos conectarmos com Deus... E como vc citou o exemplo do funk, se analizarmos bem entaum teriamos que banir as musicas da igreja porque maioria das melodias sendo rock, samba, fnk, axe tem seu lado ruim visto pela sociedade. Na verdade em uma musica o que vale é para que ela é usada e não de onde ela veio...

    ResponderExcluir
  6. Paz Rodrigo. Bom se fosse assim como fala, Daniel não deveria ter tanta preocupação em comer as comidas do banquete de Nabucodonosor pois não deveria ligar de onde a comida veio, e sim se alimentar, conforme vemos em Daniel 1.5-17 Não é verdade? Que Deus abençoe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?