DIZIMAR OU NÃO?



No campo os lavradores plantam o que comem. Comem do que plantam.
Para comer é necessário plantar; para colher é preciso plantar.

Para plantar você precisa ter sementes, e as sementes não são suas. As sementes para nada foram feitas, a não ser para serem devolvidas a terra para dar o resultado de mais frutos. Você colhe os frutos que surgiu da semente que você plantou, e desses frutos você adiquirirá mais sementes para plantar. Assim você será cada vez mais abençoado, terá muitos, mas muitos frutos, por causa de uma mísera semente.

Entendamos irmãos, que muitos buscam colher "o melhor desta terra", porém não querem plantar. Um lavrador pode possuir qualquer tipo de frutas que ele quiser, porém se ele não plantar a semente do fruto que ele almeja, NUNCA ceifará o que tanto deseja.

Bençãos estão por aí, de todos os tipos. Cura, libertação, milagres, prosperidade, bens materiais, sucesso... e muitos e muitos recursos que um cristão pode obter. Mas se não buscar ou fazer por onde obter o que deseja, NUNCA terá.

Tenho muitas experiências na minha vida por causa das sementes que planto, ou melhor dizendo: tenho muitas bênçãos pra contar por ser dizimista. E dizimar é plantar; ajudar na obra missionária, na obra da igreja; não para enrricar pastores como muitos dizem por aí.

Quero enfatizar que, o que os pastores corruptos (por que sacerdotes corruptos já existiam desde a era da Bíblia) fazem ou não com o dízimo que eu entrego, é problema entre o pastor corrupto e Deus. Deus não deixará de me abençoar simplesmente porque o pastor faz mal uso do dízimo que devolvo pra Deus por intermédio dele.

Dizimar foi uma Lei adicionada aos preceitos do Antigo Testamento, porém antes da lei de Moisés existir, muitos antes como Abraão (Hb 7.2) e Jacó que dizimaram (Gn 28.22) não porque a Lei obrigava, mas porque tinham a consciência de que tudo quanto eles devolverem a parte que era de Deus, ou plantar a semente seríam ricamentes abençoados, porque sabiam o quanto Deus tinha o poder de abençoa-los ricamente. Por eles serem dizimistas, não porque eram obrigados e sim por que o eram de coração, eles formam parte do grupo de homens mais abençoados da história da Bíblia Sagrada. Nas experiências de quem é dizimista também podemos ver o quanto Deus abençoa.

Muitos não são dizimistas por que dizem que não precisam dizimar por que não estão mais debaixo da lei do Antigo Testamento, e sim por que estão debaixo da graça. Verdade, não somos mais obrigados a dizimar, devolve o dízimo quem quer, e quem bem axar melhor. Só que dizimar é o mesmo que você está falando pra Deus: Senhor eu não tenho amor ao dinheiro, e sim tú estás em primeiro lugar em tudo que tenho, e o dinheiro não é mais importante do que o meu Senhor Deus. É uma prova de fé; e o maior exemplo de fé na Bíblia, que foi salvo pela graça mediante a fé, mesmo muito antes da dura lei, é Abraão que era Dizimista.

Caro leitores, nenhuma igreja hoje obriga a ninguém a nada,ou melhor dizendo; Deus não interfere na sua maneira de pensar, de agir ou de escolha, você é livre; porém Deus determina o que é certo e o que é errado, o que é bom e o que é ruim, basta você escolher. Queres Receber bênçãos do Senhor Deus? Plante, ou faça por onde receber. Também se não quiser plantar... Não colherá.

Dizimar é a unica atitude que depois de consumada, podemos fazer prova ou tirar satisfação com Deus se ele não abrir ajanela dos céus e não derramar bênçãos sem medidas sobre "os dizimistas" (Ml 3.10).

Neymarques Feitosa.

Comentários

  1. .
    Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados, aos que amam a Cristo em verdade.

    Jovem cristão,


    Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade” [2Coríntios].

    Existem passagens bíblicas que precisamos com urgência meditar e pedir entendimento ao SENHOR DEUS de Sua infinita vontade, para não sairmos defendendo tudo o que aparece pela frente e diz que é de Deus!!

    E isto temos notado nas igrejas evangélicas, em especial nas Assembléias de Deus, que constroem e exibem seus templos suntuosos, com capacidade para muitos membros (onde a maioria dos membros não se conhecem), porém, não encontramos as obras sociais ou ajuda aos pobres e necessitados com o dinheiro dos dízimos e ofertas que entram nestes templos das Assembléias de Deus...

    Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e seus apóstolos jamais ensinaram sobre os dízimos, dinheiro e sequer praticaram isto. Jamais discipularam com a intenção de construir mais sinagogas, ou igrejas evangélicas, no formato que temos hoje em dia! Nas sinagogas, por serem judeus, entravam e ensinavam conforme a sã doutrina, e não conforme aquele modelo hipócrita dos escribas e fariseus!

    A epístola aos Hebreus, principalmente os capítulos 9 e 10 deixam bastante claro que todas as cerimônias do Antigo Testamento foram abolidas com a vinda de Cristo, pois elas apenas tipificavam Aquele que viria, eram sombras da realidade que é Cristo; além dessa epístola, Paulo fala constantemente sobre a abolição das cerimônias do Antigo Testamento em o Novo Testamento, como em Gl.4.8-11, Cl.2.8-23;

    Portanto, este seu texto, possui equívocos, e uma insistência absurda em ser dizimista...

    ... ainda, é interessante você aprender que Abraão dizimou, mas,dizimou uma única vez e despojo de uma guerra e não todos os meses conforme o seu pastor e você quer que os outros façam...

    E sobre Jacó, seria interessante também que você estudasse mais um pouco as Sagradas Escrituras, Jacó não dizimou, mas, está escrito em Gênesis 28.22, “E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo”, e isto não diz que Jacó dizimou, mas, que ele teve a intenção em dar dízimo, e não existe nenhum relato bíblico que Jacó dizimou! Portanto, não tente justificar-se com coisa que não está na Bíblia, isto é usar de mentira para enganar os outros e a si próprio!!!

    Aliás, você certamente dizima também com base em Malaquias 3.10, e espera ser abençoado??

    Mas, Malaquias foi um profeta que estava falando com o povo de Israel, que eles deveriam praticar a lei (e não com você e eu, que somos gentios) ... pois, como os dízimos eram 10% das colheitas do povo de Israel para mantimento dos levitas, estrangeiros, e viúvas (você sabia disto???), Deus em promessa ao cumprimento dos dízimos, abriria as janelas do céu, em forma de CHUVA, para que as colheitas israelitas fossem abundantes... veja só, os dízimos eram das colheitas e não em dinheiro!!!

    Então, meu Jovem Cristão, seja um dizimista, mas, pratique tudo o que está na lei e não somente os dízimos, caso contrário, você está sob maldição, conforme Gálatas 3.10...

    Como diz o meu humilde texto: Dízimos, coisa de meninos na fé, que andam atrás de ventos de doutrinas!

    Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

    James.
    Jesus, o maior Amor
    Comunidade "Adoradores em Casas"
    Blog "Adoradores em Casas"
    Comunidade Orkut "Adoradores em Casas"


    ...
    ..
    .

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo, que A paz do Senhor, e o discernimento seja abundante em sua vida.

    Amigo, eu sou assembleiano, cristão evangélico, e você sempre tenta rebater a minha questão do dízimo, indo contra a lei do antigo pacto, insinuando que, em devolver o dízimo ao Senhor, nas igrejas nos dias de hoje, seja uma cerimônia do Antigo Testamento, na qual foi abolida. Se eu estivesse seguindo a Lei do Antigo Pacto eu devería ser obrigado,e propagando a obrigação em dizimar. Mas pelo que vejo, você não entende como funciona e nem entende o real significado de dizimar.

    Outra coisa, o Dízimo não surgiu nos preceitos da lei, ela simplesmente foi adicionada como um preceito da lei, assim como a circuncisão, que veio a tona muito tempo antes da lei.

    A epístola aos Hebreus, principalmente os capítulos 9 e 10 deixam bastante claro que todas as cerimônias do Antigo Testamento foram abolidas com a vinda de Cristo, pois elas apenas tipificavam Aquele que viria, eram sombras da realidade que é Cristo; além dessa epístola, Paulo fala constantemente sobre a abolição das cerimônias do Antigo Testamento em o Novo Testamento, como em Gl.4.8-11, Cl.2.8-23; Mas vc tem que distinguir o que é o antigo pácto. O antigo pacto foi imposto da era de moisés, no monte sinai. O dízimo que tipificou um ato de fé e não foi uma obrigação, veio muito tempo de ser constituida a lei.

    Jacó Dizimou por que quiz, e não somente porque a Bíblia não diz que ele deu o Dízimo, porém relata que Jacó teve uma atitude, e outra ele fez um voto a Deus: " Fez também Jacó um voto ao Senhor..." (Gn 28.20), e voto, desde a era do antigo concerto, todos sabiam que não podia ser quebrado. Por que a própria Palavra de Deus diz acerca do voto:
    "Melhor é que não votes do que votares e não pagares"( Ec 5.5).

    Assim como os adventistas do sétimo dia dizem que não veêm na Bíblia nenhum dos judeus deixando de guardar o sábado, na era da igreja primitiva.

    Qual é Amigo? Vamos ter mais um pouquinho de discernimento.

    Ainda bem que uma das igrejas bem fiel a administração do dinheiro da igreja é a assembléia de Deus, não me vangloriando, mas por que todos podem ver pra onde o dinheiro do dízimos vão, para construções de templo para abrigar mais almas para o Senhor Jesus Cristo e o sustento dos Missionários que estão no mundo ganhando Almas ao Senhor Jesus. Não como a Universal do Reino que as falcatrua é grande, onde os pastores gostam de dízimos indevidamente, e outra, os dízimos deles não são 10%, pelas pessoas que conheço muitas pessoas falirem por causa da lavagem cerebral que essa igreja faz, o estipulado vai além de todos os princípios, 100%.

    Amigo, por que não combate essas falcatruas? vamos lutar para que almas não sejam enganadas com coisas anti-bíblicas. Admiro seu blog, o considero como um grande servo do Senhor, mas que possamos pedir conhecimento ao Senhor Jesus, e graça.

    Na paz de Cristo, Neymarques FEitosa.

    ResponderExcluir
  3. Leandro Melo

    A paz meus caros amados.

    sou dizimista na casa do SENHOR, mas na igreja tem acontecido coisas exorbitantes, sem relatar igrejas ou placas, sem expor denominações, mas tenho visitado muitas igrejas, e tenho me decepcionado como cristão, pois os pastores não estão mais brigando por almas perdidas no mundo, e sim por aquele que possue maior verba, só pensam em templos, farturas, abastança, prosperidade.
    Não vemos mais trabalhos missionários, muitos drogados por aí, eu sou um recuperado pelo sangue do CORDEIRO, mas fico triste com essa onda de prosperidade, e não venham me dizer que é a vontade de DEUS, eu sei que é permissão, mas como diz na palavra,tudo me é licito, mas nem tudo me convém, cabe a nos mudarmos isso.
    Tenho visitado bastante igrejas, frequentado muitas vigilias, e vejo pastores falando menos de uma hora de palavra de salvação, "bíblia" dando ênfase nos dizimos e ofertas, usando mais de uma hora" vergonhoso"
    Mas sou dizimista, conforme meu coração, e não por obrigação.

    A Paz Meus Amados e vamos mudar isto em nome DE JESUS CRISTO.

    AMÈM

    visitem

    leandrobmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Amém... Acredito que o dízimo é uma oferta de gratidão a Deus, como o James disse: "Como diz o meu humilde texto: Dízimos, coisa de meninos na fé, que andam atrás de ventos de doutrinas!" (QUE ISSO???) Acredito que você está bem por fora... Dízimo não envolve somente o ato de "dar sua grana para o pastor", penso que dizimar é mostrar gratidão a Deus pelas coisas a qual ele nos tem colocado a nosso cuidado, nos tem agraciado, como: nossa casa, nosso emprego etc... Dizimar não é pagar o favor de Deus e também não dar somente com a intenção de ganhar mais. O dízimo deve ser dado com a alegria, sempre pensando em colaborar na obra de Deus, na bíblia a exemplo de personagens que dizimaram, no novo testamento também fala sobre a ajudar a obra de Deus... 10% é o mínino, (se quiser pode ajudar com mais) porque não ajudar? Nossas igrejas tem muitos gastos, obra missionária tem custos, então porque não retribuir, contribuir na obra de Deus, se ele faz tudo por nós? Não somente no lado material, espiritual nos dando saúde e graça para termos o pão nosso de cada dia...
    James comece a pagar os dízimos com o coração alegre, e terás experiências com Deus, e ele te honrará e te abençoará, e verás que Deus pelejará por ti, e as janelas do céu se abrirão sobre ti.

    Paz.

    LAIS-PR

    ResponderExcluir
  5. .

    A graça, a paz, e o amor de Deus a quem os querem para salvação!!!


    Jovem Cristã LAIS,

    Mostre a você mesma um único relato bíblico em que Paulo (o homem que mais se aproximou de Deus) dando ensinamento sobre dízimos, aliás, também um relato bíblico onde comprova que Paulo era dizimista...

    E outra, quando Malaquias diz sobre abrir as janelas do céu, estava se referindo as chuvas para as plantações do povo de Israel, por que os dízimos eram em forma de alimento, das colheitas, para alimentar os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros [Deuteronômio 14]... dízimo nada tem haver com gastos de instituições religiosas com nome de igreja, os dízimos não foram estabelecidos por Deus para manutenção de instituições, vocês estão equivocados com a Palavra de Deus pelo ensinamento de “igrejas” (que são lugares comuns como outros quaisquer), se seu pastor precisa de dinheiro para manter a instituição que vá trabalhar (Paulo trabalhava para não ser pesado a ninguém)!!!

    Mas, se você tem o desejo de agradar a Deus, ame ao seu próximo e ajude aos que necessitam, tem muito mais gente padecendo por necessidades do que a necessidade de auxiliar nos gastos das instituições igrejas!! Pense nisto, pois, esta é a Palavra de Deus!!!

    O Senhor Deus a abençoe e aos seus ricamente.


    Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


    James.
    Jesus, o maior Amor
    Comunidade "Adoradores em Casas"
    Blog "Adoradores em Casas"
    Orkut "Adoradores em Casas"
    Facebook "Adoradores em Casas"
    Twitter “Adoradores em Casas”


    ...
    ..
    .
    .

    ResponderExcluir
  6. Paz do Senhor irmão James. Quero aqui só fazer um rápido comentário, porque já não é legal discutir algo tão óbvio.

    Você tem certeza que em Malaquia fala que abrir janelas do céu porque os dízimos eram feito somente por alimentos de colheita? Caro, você está enganado. "Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão (que não viveu debaixo da lei) deu o dízimo dentre os melhores despojos" (Hb 7.4).

    Dízimos não eram só frutas e colheitas, eram também animais: "Logo que esta ordem se divulgou, os filhos de Israel trouxeram em abundância as primícias de trigo, mosto, azeite, mel e todo produto do campo; também trouxeram em abundância o dízimo de TUDO. Os filhos de Israel e de Judá que habitavam nas cidades de Judá também trouxeram o DÍZIMO DE BOIS E DE OVELHAS, e o dízimo das coisas dedicadas que foram consagradas ao Senhor seu Deus, e depositaram-nos em montões. (2Cr 31.6-7).

    E tudo nessa vida depende de água meu caro James. Já que pra você não é mais lícito dizimar na casa do Senhor, então não há mais necessidade de chuvas pois não trabalhamos em lavouras. Certo que o dízimo não faz chover, mas é sem fundamento esse seu argumento. Muito fraco. A casa do Senhor precisa de reparos e uma igreja não é construída sozinha do nada, o dízimo não é obrigatório, não falo em obrigatoriedade do dízimo, mas é promessa do Senhor derramar bênçãos, e sendo essa bênção água, chuva ou qualquer outra coisa, ela vem do Senhor, e de mais ninguém.

    na Paz.

    Neymarques Feitosa.

    ResponderExcluir
  7. Resposta Parte 1
    Paz do Senhor, caro James...
    Bom, acredito que ficarmos debatendo esse assunto não terá muito progresso, (já que você está convencido do que acredita) e nós também.
    Por isso vou dar aqui meu último parecer...
    Analisemos alguns trechos de suas respostas, [...]... Ainda, é interessante você aprender que Abraão dizimou, mas, dizimou uma única vez e despojo de uma guerra e não todos os meses conforme o seu pastor e você quer que os outros façam... [...]. Em primeiro lugar o texto em nenhum momento passou a idéia de que quer que você dizime, também não mencionou que é pra você dizimar porque seu pastor pediu... E muito menos que o dízimo é obrigatório. O autor só postou o texto dizendo que o dízimo é uma questão de FÉ e algumas experiências que Ele teve através de dar seu dízimo (ou será que é impossível isso acontecer? Discutiremos as experiências dele com Deus? [...] Nas experiências de quem é dizimista também podemos ver o quanto Deus abençoa. [...])... Não fala de obrigação! Mesmo que os versículos que ele estivesse usado, segundo suas interpretações estivessem erradas, creio que a mensagem central do texto é bem clara... DÍZIMO É QUESTÃO DE FÉ! E com certeza, quem ajuda com fé, pensando no melhor para obra de Deus, Ele abençoa... Porque o único que pode prosperar a sua vida, em todos os sentidos, tanto material como espiritual... É DEUS. É Ele que faz todas as coisas.
    O que tenho notado também é que as pessoas, (e até pastores) que não pagam seus dízimos, têm versículos na ponta da língua para falar para criticar as pessoas que fazem tal prática... [...] Como diz o meu humilde texto: Dízimos, coisa de meninos na fé, que andam atrás de ventos de doutrinas! [...]. (Ou isso seria um elogio?). E vai por ai...
    Será que você está assistindo muita televisão? Bom porque na TV passa essa pouca vergonha desses telePastores (???) sobre a questão do dízimo... Mas esses falsos mestres estão envergonhando e confundido a cabeça de muita gente... Pesquisando na internet eu coloco algo sobre, evangélicos, igreja evangélica, dízimos, as muitas respostas que encontro são essas... SÃO OS VILÕES QUE ROUBAM DINHEIRO DOS TROUXAS. PASTOR É TUDO IGUAL, SO QUER SUA GRANA... SE VOCÊ É RICO TEM QUE VIR PARA DEUS... O PASTOR TE AMA (VOCÊ? OU SUA GRANA) E ETC... E será isso bonito? Acredito que não... Tudo isso por causa de pastores amantes do dinheiro... E de falsos mestres...

    ResponderExcluir
  8. Parte 2
    No trabalho em que eu pertenço há pastores que vivem pela fé, somente do evangelho, e há pastores que trabalham... Daí como você disse, eu vou pegar meus 10% que é o mínimo (para o povo não falar que Deus ta exigindo demais). Bom ai eu pego só 10 por cento do que eu ganho, e vou entregar para ajudar o povo da África (sempre citados), ou dou para um andarilho que passa pedindo, uma viúva, ou até para uma família pobre da minha rua e deixo meu pastor passando necessidade? Ele que está todos os dias pregando, me ensinando, me aconselhando? Perai meu irmão será que isso é legal? Pensa! Mas é o que você disse, [...]Mas, se você tem o desejo de agradar a Deus, ame ao seu próximo e ajude aos que necessitam, tem muito mais gente padecendo por necessidades do que a necessidade de auxiliar nos gastos das instituições igrejas!! Pense nisto, pois, esta é a Palavra de Deus!!! [...]. Acho que você que deveria pensar melhor meu irmão... Então meu pastor não é meu próximo também? Não? Deixo ele passando fome, e dou me dinheiro para um pobrezinho? Quanta bondade minha... Será que você ta vendo muita TV?
    Eu não sou da Assembléia (já que foi ela que você citou), no entanto eu não quero saber se ela faz ou não templos suntuosos “com a grana de quem é menino na fé”... Quero saber que meu compromisso aqui é com Deus, e não com o homem, não ligo, e não quero saber o que faz o pastor com os 10% que eu dou todo mês, e uma ofertinha, que não é muito, mas ajuda... Bom mais eu sei... Os pastores dão 10% de seus dízimos para outro (e vai passando), pagam seu alimento, continhas da igreja, e viagens na obra de Deus... Agora o que ele faz com o que sobra... Ai amado é ele e Deus... O importante é que Deus ta vendo tudo. E fará justiça sobre todas as coisas, boas e más.
    Eu sei que tem muitos pastores por ai comprando e mostrando seus gastos exorbitantes com posses e coisas desnecessárias... E tudo usando o nome da igreja, como você disse, instituição religiosa, só que isso não impede você de dar uma oferta de gratidão há Deus (sendo todo mês ou não). E isso não se faz só com ofertas e dízimos, sabemos disso... Mas dizimar ou ofertar (ajudar com dinheiro) é uma das formas... Em (2 Coríntios 9: 7) fala sobre uma contribuição, e que devemos dar a Deus com alegria... Acredito que no VT Deus falou 10% por que isso é o mínino, não é muito... O mínimo que você pode semear, ajudar, ser grato pelos bens que Deus te dá... Mais se você quiser dar mais ora, o que impede? E se você não quiser também, que pecado há? Você dá se você tem fé, se você não tem NÃO DÁ!
    Não é porque Paulo não falou; como você disse, nem citou sobre dízimo, que eu não vou ajudar... [...] Mostre a você mesma um único relato bíblico em que Paulo (o homem que mais se aproximou de Deus) dando ensinamento sobre...

    ResponderExcluir
  9. Parte 3
    ...Dízimos, aliás, também um relato bíblico onde comprova que Paulo era dizimista... [...]. Eu sou de Jesus... Acredito em toda bíblia, não somente em uma parte, ou só no que eu aprovo; no que me acomodo, ou no novo testamento... O que citei no término da minha ultima resposta... [...] e verás que Deus pelejará por ti, e as janelas do céu se abrirão sobre ti. Eu não estava exatamente me referindo a malaquias, até porque eu não mecho com lavoura, eu usei uma linguagem figurada, dizendo que as Janelas do Céu se abririam não para chover (água) na minha lavoura, mas chuva de bênçãos na minha vida... Deus abriria as Janelas ou portas do céu (como quiser), para ouvir minhas orações, petições e me concedesse a benção... Então como eu não mecho com colheitas e gados, dou minha contribuição em dinheiro mesmo. Não sou israelita. Mas faço assim como eles fizeram, eu também faço parte do povo de Deus.
    O que você disse... [...] Jacó não dizimou, mas, está escrito em Gênesis 28.22, “E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo”, e isto não diz que Jacó dizimou, mas, que ele teve a intenção em dar dízimo, e não existe nenhum relato bíblico que Jacó dizimou! Portanto, não tente justificar-se com coisa que não está na Bíblia, isto é usar de mentira para enganar os outros e a si próprio!!! [...] Se está escrito bem assim... E TUDO QUANDO ME DERES CERTAMENTE TE DAREI O DIZIMO... Muitos (não só você) deram conta de descobrir que ele só teve a intenção, que ele não deu... Vamos deixar de discutir tantas coisinhas... O que disse, o que não disse, o que foi só intenção... Temos que voltar para a essência do evangelho... Jesus! Ele que é o padrão, o modelo, e espelho para todas as coisas... E praticar os dois maiores mandamentos... AMAR A DEUS COM TODO ENTENDIMENTO E AMAR AO PRÓXIMO, se isso acontecer entre nós, e entre nossas igrejas, os pastores não irão roubar e explorar o próximo (como vemos muitos) e os irmãos não precisarão ter respostas na ponta da língua para falar sobre quem paga dízimos, pois eles verão há necessidade da obra, do pastor, da igreja, do próximo, da viúva, do pobre e do estrangeiro e o farão com amor, e não “evitando ser explorado”...
    Pra ficar fácil, pense assim... Dizimar não é obrigado! O dízimo é uma questão de fé você tem essa fé? Se alguns não tem. Outros têm. E o Deus que está no céu vê todas as nossas obras, as nossas intenções, nossa sinceridade e faz justiça sobre tudo!

    A Paz seja com todos.

    LAIS-PR

    ResponderExcluir
  10. .

    A graça, a paz, e o amor vos sejam multiplicados.


    Jovens Cristãos,

    Em verdade, como nos é predito pelas Sagradas Escrituras, há homens (e mulheres) gananciosos e um povo que quer ser de Deus para que Deus os abençoe nesta vida...

    E neste sentido, tenho me reservado a combater em exaustão a maioria das “igrejas físicas” (instituições religiosas com nome de igreja), pois, é através delas que homens estão se enriquecendo (isto é problema deles, prestarão contas) usufruindo e usurpando com mentiras da Palavra de Deus (isto é problema nosso, por que distorcem e enganam o povo e nós precisamos pregar a Verdade que liberta);

    Há também de lembramos que, a maioria dos evangélicos é explícita pelas palavras de Paulo, pois, querem Deus na pessoa de Jesus para as coisas terrenas [“Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens” – 1Coríntios 15.19], por isso frequentam as instituições religiosas com nome de igreja...

    ... lembrando ainda que as Sagradas Escrituras fazem referência a maioria dos homens religiosos (pastores), que “aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade” [2Timóteo 3.7];

    Desta forma, o nome "igreja" é usado erroneamente para identificar um lugar supostamente sagrado (para os homens) como sendo a “Casa de Deus” na terra, E NÃO É, isto causa a inversão de identidade e valores:

    O que não é a Igreja de Cristo (instituições religiosas, histórica de homens) é sagrada, pura e imaculada para os homens, não para Deus!!

    A "Igreja de Cristo", com base bíblica, e, portanto, a noiva do Cordeiro, a Igreja santa, é orgânica, pura, que são pessoas não locais, sem paredes, a qual foi agraciada pelo Filho de Deus em Mateus 16.18, a "universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus" conforme Hebreus 12...

    Por fim, LAIS, conforme seu comentário (infeliz) “Então meu pastor não é meu próximo também? Não? Deixo ele passando fome, e dou me dinheiro para um pobrezinho? Quanta bondade minha... ”...

    ... quando uma pessoa chama ao próximo que passa necessidades de “pobrezinho”, somente posso lhe dizer, sua atitude, sinceramente, esta desprezando as palavras de Cristo [“Porque sempre tendes os pobres convosco, e podeis fazer-lhes bem, quando quiserdes; mas a mim nem sempre me tendes” – Marcos 14], mas, você é das “igrejas físicas”, é convicta com seu dízimo em forma de dinheiro achando que esta agradando a Deus (por certo sim, a Mamom), porquanto, é assim que vocês dizem: “os pobres que se danem, eu tenho um pastor para sustentar”!! Sustente-o, o dinheiro é seu, a graça é de Deus!!

    O Senhor Deus o abençoe e aos seus ricamente.


    Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


    Fraternalmente,


    James.
    Jesus, o maior Amor
    Comunidade "Adoradores em Casas"
    Blog "Adoradores em Casas"
    Orkut "Adoradores em Casas"
    Facebook "Adoradores em Casas"
    Twitter “Adoradores em Casas”


    ...
    ..
    .
    .

    ResponderExcluir
  11. Paz do Senhor irmão James. É engraçado que os seus comentários soam como se nós não tivéssemos conhecimento de que realmente a igreja sou eu, sou você somos nós, pessoas. Não depositamos nossa esperança em concretos e sim no que é eterno, e vivemos o que a Bíblia nos mostra e o resultado de tudo na Bíblia é a vida eterna para a igreja, nós.

    Rafutando o que a Laís diz sobre os pobrezinhos, sinceramente não tem mais argumentos sólidos e convincentes para sustentar com pudor esse debate que você criou? Procurando qualquer coisa pra se apoiar na sua tese que afinal de conta é muito fraca? Irmão James, você sabe muito bem de que somos servos do Senhor e a Bíblia diz: " Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Rm 10.13) e somos salvos pela graça mediante da Fé. Em Tiago, capítulo 2 e verso 10 diz claramente: "POIS QUALQUER QUE GUARDAR TODA a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos" Então irmão James, você sabe muito bem que eu não sou judaizante, e você deve saber, que eu não prego a obrigatoriedade do dízimo, Pois "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria" (2Co 9.7) Por mais que o dízimo seja a décima parte, hoje não somos obrigados pois vivemos na graça e não na LEI. Eu por exemplo, caro James, sou empresário, e certamente não é todas as vezes que contrubuo com dízimos, mas todas as vezes que contribuo, o Senhor cumpre a promessa que ele faz em Malaquias, ele abre as portas do céu e abençoa mais e mais a minha empresa.

    Irmão James, não é porque o nosso gozo e a nossa esperança é somente no céu, na glória, ou só lá que teremos riquezas, que devemos relaxar a nossa vida e deixar de correr atrás das coisas boas. É tão tal irmão James que muitos pedem casas, carros, dinheiro, prosperidade e Jesus dar, pois ele é fiel a sua Palavra: " Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á." (Mt 7.7-8). Por ventura Deus não fala aqui em algo material? "Ou qual dentre vós é o homem que, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?(vv 9-11). Mas essas pessoas não querem a salvação. Mesmo assim Jesus concede.

    Irmão James, certo que há pastores, sacerdotes corruptos, mas como você mesmo falou eles prestarão contas com Deus e não eu. Porque dando nós o dízimos ou não, sempre havará sacerdotes corruptos e isso não provén de contribuições. Convido a você conhecer meu pastor, por exemplo; sou de uma igreja humilde, e meu pastor é humilde também e vive do evangelho, conforma 1Co 9.14: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." Há dias irmão James, que a sua esposa cozinha no fogão da casa dos vizinhos pois há dias que não tem dinheiro pra pagar o gás. Se o dízimo fizesse subir a cabeça de alguém, fazia subir a cabeça de meu pastor, mas não. Sou tesoureiro da igreja, e vejo que além de ser uma igreja humilde, em construção ainda, com muito esforço para construir banheiros, departamento infantil, daria pra ser corrupto mas não é assim.

    Irmão James, não devemos generalizar as coisas. A Bíblia diz, muitos sãos chamados, mas poucos os escolhidos; Jesus curou dez leprosos, mas somente um foi agradecer a ele. Só Jesus sabe separar o joio do trigo.

    Espero, irmão James, que essa discursão sem destino, acabe aqui. O senhor com seus argumentos não convencerá ninguém, pois quem convence as pessoas do pecado (se é que você me acha um pecador por contribuir com o dízimo e que isso vai interferir na minha salvação) é o Espírito Santo e não você.

    Fico grato pelas visitas em meu blog.

    Que Deus abençoe mais e mais a sua vida.
    Na paz de Deus.

    Neymarques Feitosa.

    ResponderExcluir
  12. Eu disse que o post anterior escrito por mim seria o último! Mas...

    ... Irmão James, não disse "pobrezinho" em tom de ironia, ou desfeita (acredito que deu para perceber), o intento foi somente ressaltar a ideia. Não é legal da sua parte ficar tirando palavrinha solta do meu texto, para me acusar. Fica parecendo que seus argumentos acabaram e você está arrumando pretexto. Como eu disse, não sou especialista na escrita correta. Sei muito bem que a igreja de Cristo são as pessoas que procuram obedecer às verdades de Jesus, (e não a igreja de tijolo, madeira, material).
    E este argumento aqui...: [...] “os pobres que se danem, eu tenho um pastor para sustentar”!! Sustente-o, o dinheiro é seu, a graça é de Deus!!"[...]. Isso saiu da sua mente, porque eu não penso assim! Tudo que eu posso fazer para ajudar os mais necessitados que partilham da mesma fé que eu, quanto para as pessoas do "mundo" (não crentes), eu faço...
    E sobre isso que tu disseste: [...] lembrando ainda que as Sagradas Escrituras fazem referência a maioria dos homens religiosos (pastores), que “aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade” [2Timóteo 3.7]... Não sei se sabes, mas, há uma diferença entre CRISTÃO VERDADEIRO e RELIGIOSO, você está equivocado em dizer que os pastores são os religiosos, existem sim! Mas existem muitas pessoas que por acharem que pertencem a tal igreja, obedecem à doutrina da mesma, professam um cristianismo fajuto, sem renúncia, sem obediência, sem transformação, sem mudança de vida e pensam que já estão salvos, mentira! Essas são as pessoas religiosas... Agora tem o CRISTÃO VERDADEIRO que é aquele que procura andar em novidade de vida, procura se consagrar e santificar, viver uma vida de comunhão com Deus, andar em obediência, guardar a palavra e praticá-la, e nisto consiste membros e pastores. Errado está você em dizer que os pastores são os religiosos... (existem sim, assim como existem membros)... Mas a bíblia diz que por seus frutos o conheceremos... Se você ler esse mesmo texto (que você citou) de 2 Timóteo, você entenderá certinho, porque esses tais "pastores" [...] “aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade”[...]. Porque?

    Porque haverá HOMENS AMANTES DE SI MESMOS, AVARENTOS, PRESUNÇOSOS, SOBERBOS, BLASFEMOS, DESOBEDIENTES A PAIS E MÃES, INGRATOS, PROFANOS.

    Sem afeto natural, IRRECONCILIÁVEIS, CALUNIADORES, INCONTINENTES, CRUÉIS, SEM AMOR PARA COM OS BONS.

    TRAIDORES, OBSTINADOS, ORGULHOSOS, MAIS AMIGOS DOS DELEITES DO QUE AMIGOS DE DEUS.

    Tendo APARÊNCIA DE PIEDADE, MAS NEGANDO A EFICÁCIA DELA. DESTES AFASTA-TE.

    Tai meu irmão, a bíblia não te deixa enganado. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. (Mateus 7:20)... Se esses tais “pastores” se encaixam no perfil ai de cima, não é de Deus com certeza! A verdade de Cristo não está neles! Agora, pois todos aqueles que praticam os dois maiores mandamentos de Deus e procura cada dia mais se separar do mundo, e dão bons frutos esses tais são de Deus, (e isso serve para pastores e membros também)...

    Paz.

    LAIS-PR

    ResponderExcluir
  13. Li alguns comentarios e eu nao vou começar um novo debate sobre isso.
    Só vou contar um testemunho,

    Eu dizimo todo o mes na casa do Senhor, nunca pedi nada em troca, por exemplo
    DEUS eu to dizimando pra ter um emprego melhor.
    Eu nunca fiz isso.
    Eu dizimo por que eu sei que aquele dinheiro que é pouco pode ajudar a manter algo, seja pra ajudar a uma pessoa, pra ajudar um templo de concreto (pois todo o predio de concreto existe imposto, alugueis, agua, força)
    Já vi Gente dizer se não da o dizimo voce acha que vai descer um Anjo do Céu e quitar todas as contas(as que eu citei a cima) aqui na terra? Logico que não.

    E foi se passando o tempo, minha casa foi assaltada 6 vezes e tudo que é de meu pertence
    não foi tocada a mão. Agradeço a Deus por ter colocado a mão sobre as coisas que eu tenho.
    Computadores e eletrodomesticos que são de minha propriedade não foi tocada a mão.
    Eu sempre não estava em casa
    e considero que isso foi livramento e as mãos de Deus sobre minha vida.
    Logico que isso não foi só por que eu dizimo. Mas, acredito que como eu ajudo a Deus com o dizimo e ofertas.
    Deus também não deixa duvidas que ele está sempre me protegendo.

    Paz do Senhor

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?