MAS QUE DEUS MALVADO QUE DESTRUIU SEM PIEDADE AS CIDADES DE SODOMA E GOMORRA!



Eu estou recebendo muitos comentários de amigos e leitores do meu blog, pois fiz algus artigos falando sobre os homossexuais, por está em top a questão do Projeto de Lei 122 (PL 112) e atualmente no meio evangélico e no meio GLBTUVXZ não se fala em outra coisa. Não gosto muito de falar sobre o assunto, pois fiz meu blog devidamente a edificação de muitos jovem a respeito das questões de vida jovem cristã. Mas o que me chamou a atenção foi que um homossexual que, comentando no artigo que eu fiz sobre a musica em que Luan Santana interpreta, vem debatendo comigo acerca de muitas coisas e nossas conversas está sendo longa e posso dizer que, sem fundamento.

Me chamou a atenção uma exaltação em que ele fez sobre as cidades Sodoma e Gomorra, que foi destruída pelo poder divino, pois o motivo maior seria o homossexualismo que dominava praticamente 100% de toda a população (Gn 19.4). Ele compara a história de Sodoma e Gomorra com a história de Jonas que pregou na cidade de Nínive sendo assim, Deus ter dado oportunidade de arrependimento para tal, sendo que não foi da mesma forma como Sodoma e Gomorra; que, sem dar nenhuma chance de arrependimento, destruiu as tais cidades sem piedade das pessoas que ali haviam.

Eis o relato do comentário: "por que DEUS destruiu SODOMA e GOMORRA sem ter dado a chance daquele povo se arrepender assim como fez enviando JONAS a Ninive, mesmo com o povo de Ninive não tendo interesse de se arrepender e mesmo com JONAS não tendo o mínimo interesse de ir a Ninive - aquela história alegórica da baleia que engole Jonas e cospe ele na praia de Ninive, história das ramas que crescem e protegem Jonas enquanto ele dorme na praia e tal - bom, quando perguntei isso ao meu pastor e ele não soube me dar uma resposta conviscente, tentando me enrolar com o versículo "y" que não respondia em nada o versículo "d" que não se encaixava no assunto "x", eu fiquei com o pé atrás com o livro que minha mãe havia me dito ser a sagrada escritura de DEUS. Sabe porque JOVEM? Pelo simples fato, de que não há explicação que justifique que um DEUS tão misericordioso possa ter destruído SODOMA e GOMORRA pelo motivo de todos os habitantes dessas cidades serem homossexuais (que absurdo, exagero cinematográfico), quer dizer, que somente uma família heterossexual vivia confinada, aprisionada dentro de sua casa temendo serem estuprados pelos gays de SODOMA e GOMORRA, pra você o quanto eles eram terríveis, até os anjos que foram foram assediados. Uma cidade inteira, com o mesmo impulso sexual. Onde isso pode ser possível? Como se explica isso?" Eu resolvi responder este comentário neste artigo.

Deus não foi logo destruindo as cidades sem que, primeiro soubesse do que se agravava tal situação. Ele tinha planos sim de salvar aquela cidade, e isso está na própria história, na Bíblia. Quando Deus terminou a sua visita a Abraão, em seu diálogo com o patriarca Deus falou a Abraão que Ele mesmo estaria indo a cidade para ver de fato sobre o clamor de Sodoma e Gomorra. Quando Deus diz: “Disse mais o Senhor: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito, descerei agora, e verei se em tudo têm praticado segundo o seu clamor, que a mim tem chegado; e se não, sabê-lo-ei. (Gn 18.20-21). É tão tal que a Teofania foi analisar as cidades, e o parente de Abraão foi quem recepcionou na cidade. E tendo o próprio Deus, cujo anjos em presença física como de varões, verificou de fato o quão grave estava a situação das cidades. Tão tal, que mesmo cegos pelo poder extraordinário dos anjos(Gn 19.11), não hesitaram de mesmo assim procurar fazer o mal, que era abusar, ter relações sexuais com os anjos. E Deus, como um ser pessoal, destruiu as cidades e acabou! Ele não encontrou ali ninguém que estava disposto a se arrepender. Se Deus não tivesse intenção de perdoar aquelas pessoas, por que motivo então ele foi visitar as cidades? É tão tal que os anjos que li foram, eram justamente para dar a população uma chance de arrependimento, mas ao invés disso, queriam eram outra coisa bem diferente. E isso não nos deixa dúvidas, que Deus foi capaz de não destruir as cidades se houvesse ali pelo menos DEZ, dez pessoas justas. Já pensou uma cidade inteira desagradando a Deus, e Deus suportar a afronta de pessoas por amor de Dez pessoas somente?
Então, não tem pra onde correr; até na história da grande destruição de Sodoma, Gomorra e outras cidades, onde Deus, como justo, derramando sobre elas a ira Dele, vemos o amor de Deus. Vemos que Deus foi até as últimas instâncias para não destruir as cidades. Ninguém pode questionar o amor de Deus para as cidades de Sodoma e Gomorra.
Como em Judas, Capítulo único e verso 7, vemos uma Palavra dura, em que os homossexuais tanto criticam, que fala sobre a condenação ao fogo eterno: "assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles anjos, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno." Aqui praticamente nos dar uma alusão de que assim como aconteceu com as cidades, está acontecendo hoje em dia. E quando Deus derramar a sua ira no tão esperado dia do Senhor "...pois o dia do Senhor é grande e muito terrível, e quem o poderá suportar?"(Jl 2.11), não poderão dizer que Deus não teve compaixão de ninguém; não poderão chegar no dia do juízo final que não tiveram oportunidades de aceitar a Verdade em seus corações. Hoje a Palavra está sendo pregada, propagada pra quem quer e quem não quer ouvir; igrejas em todas as esquinas praticamente, cultos sendo realizados nas ruas, panfletos sendo entregues e perante o Senhor, na qual todos estaremos em breve (Mt 25.32) não teremos desculpas para questionar Deus de falta de Amor.
Enquanto estamos no dia chamado hoje, temos a chance de nos arrependermos e buscar a face de Deus. A oportunidade é hoje, é agora; não nos lastimemos pelos que já morreram sem Deus porque não quiseram receber o perdão e amor de Deus em suas vidas. Deus é grande em amor, sempre fio e sempre será. a culpa não está em Deus, como muitos dizem, e indagam: "Que Deus é esse? "Me explica que Deus é esse?" Devemos olha para nossas vidas e mudar as nossas vidas, pois Deus não muda e aplica a conseqüências a quem escolhe sofrer as conseqüências e não porque ele gosta de matar as pessoas; pois na sua Palavra, a bíblia que é tão questionada, ele mesmo diz que não sente prazer na morte do ímpio : "Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?" (Ez 18.23)
Na Paz de Deus a Todos
Neymarques Feitosa

Comentários

  1. Adoro física.
    E Albert Einstein, quanto mais descobria sobre a Física em sí, mas acreditava em um ser superior.
    Disse ele que o frio não existe, pois segundo as leis da física, frio é a ausência de calor. E que a escuridão também não existe, pois a escuridão é a ausência de luz. O calor e a luz podem ser calculados e medidos. Já o frio e o calor não. Então, o MAL é como o frio e a escuridão, porque o mal é a ausência de amor de Deus nos corações das pessoas.

    Glória a Deus!
    E salve Albert Einstein!

    Eu mesmo digo que "o caos está triste, pois a maldade tomou seu papel".

    Gostei da postagem Jovem Cristão.

    Sou católico mas acho interessante suas postagens.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?