O QUE NÃO FOI LEGAL NO FESTIVAL PROMESSAS?



Bom, todo mundo está eufórico pela porta maravilhosa que foi aberta para os evangélicos na grande emissora aberta do Brasil, a TV Globo. Foi genial a gente ver os cantores lá louvando, adorando ao Senhor e com isso trans parecer mais a Palavra de Deus para toda a nação. Realmente foi incrível! Deus realmente prepara uma mesa diante dos nossos inimigos (Salmo ..23.5).

É... Mas diante de toda positividade deste grande acontecimento marcado pela história evangélica brasileira, temos também que exaltar os seus lado negativos. Pois sabemos que houve muitas falhas e muitas coisas que eu não gostei de ver neste evento, que as vezes me dar vergonha. Eu aprecio muito as críticas do meu amigo e pastor Ciro Sanches que ressalta todos esses pontos negativos em seu blog. Até falam dele, dizendo que ele é muito crítico só olha o lado ruim da coisa e etc e tal...

Mas o que realmente me deixou triste, logo de cara, foi a reportagem do Jornal da Globo que fez a cobertura dos ensaios dos "adoradores", onde a repórter que fez a cobertura, fez questão de mostrar um grupo de Cristãos que haviam chegado muito cedo e estavam aguardando o evento começar. Então a repórter enfatizou que os "fãs", e não cristãos,  estavam ansiosas aguardando a chegada dos "ídolos", e não adoradores.

Realmente o que Ciro diz em seu blog é bem verdade. Os que estavam lá, não foram para ouvirem uma Palavra dura, da verdade, mas sim, simplesmente ver seus ídolos góspel. A Globo aproveitou isso para mostrar certas negatividades que há no meio góspel. Mas não quero ser chato e irônico ao me pronunciar sobre o evento. Gostei muito, foi uma bênção sim, apesar dos pesares. Jesus foi anunciado e Jesus estava ali.

Só o que me decepcionou foram esses pontos; direcionam muito o antropocentrismo... É isso que me decepciona no meio evangélico de hoje. Os hinos de hoje em dia não são mais pra adoração a Deus, direcionados para cima, verticalmente. Os hinos hoje em dia são direcionados para os horizontes, para as pessoas; os hinos são feitos para mim e para você, e pouco se tem feito hinos para Deus, ultimamente.

Sempre venho falando aqui da seita Adventista do sétimo dia, tem seus erros, seus absurdos. Mas de uma coisa eu admiro na tal seita: Suas músicas cristocêntricas. Eu sempre escuto, tenho até CDs dos cantores da seita, e praticamente todos são de adoração mesmo, ao Senhor e bem compostas. Muito diferente dos hinos do meio pentecostal.

Bom, talvez seja por isso que não tenho "ídolos", ou seja, não tenho um cantor, ou adorador tal que eu admire, ou que eu seja fã. Eu, como cristão, gosto sim de hinos, mas eu seleciono os hinos que realmente são bons para meus ouvidos e para direcionar ao Senhor, que merece toda honra e toda Glória e exaltação. Mas voltando ao festiva, confesso que a parte em que eu mais gostei foi realmente as ministrações da Ana Paula Valadão que trouxe a mais penetrante Palavra de salvação, e que literalmente, salvou o festival, dando  um toque cristão ao evento. E olha que eu não sou muito admirador do tal ministério de louvor.  Mas foi uma bênção!

Na Paz de Cristo

Neymarques Feitosa.

Comentários

  1. Infelizmente é isso que tem acontecido no meio gospel, as pessoas são fãs dos cantores, pedem autógrafos e tudo. Em seu twitter a cantora Fernanda Brum, disse que estava partindo para uma tarde de autógrafos, depois ela corrigiu, não sei se alguém deu uma alfinetada nela ou se foi o próprio Espirito Santo que o fez, enfim, ela disse que toda honra só a Deus. Infelizmente, os cantores gospel permitem tal idolatria, alguns pelo menos. Os cantores gospel precisam vigiar e orar! Graça e paz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?