A PERSEGUIÇÃO DOS CRISTÃOS POR CAUSA DO NOME DE CRISTO


Eu estava assistindo o Jornal Nacional na sexta-feira, 24/02/2012 e vi na reportagem sobre a perseguição de um ex-islâmico que se tornou cristão, abandonou de vez o islamismo e se agarrou no cristianismo onde viu ali algo concreto onde nada pode separa-lo desse amor que ele e sua encontrou (Romanos 8.39).

Fui promotor de missões da minha igreja ano passado e vim acompanhando o caso de Yousef Nadarkhani que há três anos vem sendo perseguido e sendo diversas vezes condenando a morte porque se tornou Cristão. Isso nada mais é do que o cumprimento das profecias para o tempo do fim, das perseguições que os cristão irão, de inicio, passar (Lucas 9.24). E olha que Nadarkhani recebeu diversas propostas para abandonar a Cristo, renegar o nome de Jesus e voltar a sua antiga religião, e isso também é Bíblico conforme Mateus 24.9.

Claro que nós cristão não passaremos pela grande tribulação vindoura, antes do governo do anti-cristo (Apocalipse 3.10), mas a perseguição do princípio das dores será essa, de se negar o nome de Jesus Cristo que é algo precioso e valoroso para os cristão e odiado pelo nosso inimigo. O que me encabula é, que há uma seita que prega que a perseguição cristã que se dará nos fins dos tempos, não para os cristãos negarem a Cristo como seu único e suficiente salvador, mas sim o nome e a observância de um dia, o sábado.

Os Adventistas do sétimo dia, diante desse pressuposto negam o valor do nome de Cristo, pregando que a perseguição se dará sobre a negação da guarda do sábado, pelo tal decreto dominical que ganhará respeito mais do que qualquer outra coisa. A perseguição cristã, na visão sabatista, será porque os cristão se recusarão a guardar o domingo, jogando no nível do chão o nome de Jesu Cristo. Sendo que na realidade a perseguição sempre se deu, desde a era da igreja primitiva, era por causa do nome de Cristo Jesus, e era imputado aos cristão renegarem a Cristo, onde muitos eram mortos por não abandonar a Cristo Jesus, e o evangelho da graça e do amor que Jesus, que é o próprio Deus nos trouxe.

Vemos que hoje os cristão sofrem e sofrerão mais perseguições por causa do nome de Jesus Cristo, que por esse nome reconhecemos o valor salvífico da cruz do calvário, que deu a todos a oportunidade de salvação, mesmo trazendo o perigo de nós perdermos a nossa avida por amor ao nome de Cristo para ganhar a vida eterna.

"Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, esse a salvará" (Lucas 9.24).  Oramos muito por Yousef Nadarkhani para que Deus poupe sua vida no Irã, mas NAdarkhani sabe que se ele morrer na condição em que se encontra agora, crente, firme e fiel ao Senhor Jesus Cristo, ele sabe que ele estará ganhando muito mais, pois será como Estevão e Paulo (Filipenses 1.23).

Veja a reportagem abaixo:

Comentários

  1. Irmão Neymarques

    A paz do Senhor

    Estou tornando seguidor do blog do irmão novamente. Gostaria que o irmão se tornasse seguidor do meu outro blog, o blog Teologia e Bíblia, que eu criei para colocar estudos bíblicos. Espero resposta do irmão. Deus abençoe.

    Rafael Carlos

    teologiaebiblia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?