"A GRANDE ESPERANÇA" OU MAIS UMA HERESIA?

(Artigo publicado no site do Ministério CACP)
Pela internet com data, de 25 de março de 2012, recebi um e-mail de um líder evangélico que já esteve no Brasil e que dirigiu por alguns anos o Instituto Cristão de Pesquisas. Seu nome é Paul Carden. Pôs-me a par de um trabalho gigantesco por parte da igreja adventista do sétimo na distribuição de milhões de exemplares de um livro com um título sugestivo em inglês: FROM HERE TO FOREVER. Entrementes, recebi de uma pessoa da minha igreja um livreto com o título A GRANDE ESPERANÇA. Informou essa pessoa à minha esposa que ela ganhara o citado livro e que me estava passando para pesquisas. Seria coincidência que informado pelo líder evangélico da outra América sobre o trabalho que a igreja mencionada estava promovendo uma distribuição em massa de livros religiosos pensei comigo, será que essa distribuição já tivesse chegado aqui no Brasil? Sem dúvida era o que descobri após a leitura do citado livro.

PR. NATANAEL: Já que o irmão leu o livro, poderia dar aos nossos ouvintes o nome do escritor e o tema que desenvolve? 

O nome da escritora é Ellen G. White. Penso que para a maioria dos nossos ouvintes esse nome é desconhecido, não, porém, para os adeptos das igrejas adventistas no Brasil. Sua história é contada no livro FUNDADORES DA MENSAGEM, publicação da própria igreja que está fazendo esse trabalho de distribuição gratuita.

Poderia indicar alguns dados da vida dessa escritora que fosse interessante? 

Sim. O livro A GRANDE ESPERANÇA não traz nada de novo, mas é um resumo do livro O GRANDE CONFLITO publicado há quase dois séculos pela mesma escritora. Apenas o título, mas o conteúdo é o mesmo .

Por favor, explique por que o irmão aponta que o livro com esse título é apenas um meio para atrair as pessoas?

Porque se trata de um livro no qual foram formuladas as doutrinas adventistas elaboradas como um credo com o título NISTO CREMOS. É verdade que há citações frequentes da Bíblia, porém, as citações são aquelas que parecem apoiar ensinos em desacordo com o credo evangélico.

Qual o assunto mais comentado no livro A GRANDE ESPERANÇA que chamou sua atenção?

Em quatro a cinco páginas do livro inteiro lido notei que a palavra sábado ou sábados aparecem cerca de 22 vezes, apontando a guarda do sábado como meio de ganhar a vida eterna no entendimento da escritora Ellen Gould White.

E os adventistas do sétimo guardam o sábado como manda a Bíblia? 

Não. Supõem que guardam. A Bíblia determinada que não se pode acender fogo no dia de sábado. Está escrito em Êxodo 35:3 - “Não acendereis fogo em nenhuma das vossas moradas no dia do sábado.” Ora, como fazer nos dias frios de inverno, como nos Estados Unidos e outras regiões do mundo, onde essa seita existe? Alteraram o texto bíblico de Êxodo 35:3 e através da mesma escritora deram uma interpretação falsa ao texto. Ellen G. White escreveu: “Embora deva a gente abster-se de cozinhar aos sábados, não é necessário ingerir a comida fria. Em dias frios, convém aquecer o alimento preparado no dia anterior”. (Testemunhos seletos vol. 3 pg. 23 e 24) “Deve-se evitar cozinhar no sábado; não é por isso necessário comer frio. No tempo frio, a comida preparada no dia anterior deve ser aquecida”. (A ciência do bom viver- pg. 307) Como aquecida senão acendendo o fogo? Não é a transgressão do sábado que proclamam guardar?

Mas a guarda do sábado é necessária em nossos dias para ganhar a vida eterna? 

Em primeiro lugar apontamos que não há um só mandamento de guardar o sábado no Novo Testamento e nem Jesus ordenou a guarda do sábado. Ademais, o apóstolo Paulo escreveu que preceitos litúrgicos e cerimoniais da lei de Moisés deveriam ser considerados sem validade para os cristãos. Colossenses 2:16-17 “Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, 17 - Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.” Os dias sagrados dos judeus eram os mencionados no texto lido: “ninguém vos julgue pelos dias de festa, que eram as festas anuais judaicas: páscoa, pães asmos, pentecostes, trombetas, expiação e festa dos tabernáculos (dois dias: o primeiro e o último).; depois Paulo indica os dias sagrados mensais chamados luas novas; e por fim os sábados semanais. Todas essas festividades eram restritas aos judeus e não devem ser guardadas por nós Cristãos que vivemos dentro da nova aliança.

Que autoridade exerce os escritos de Ellen Gould White face à Bíblia?

O artigo de fé 18 da igreja adventista estabelece: “Um dos dons do Espírito Santo é a profecia. Este dom é uma característica da igreja remanescente e foi manifestado no ministério de Ellen G. White. Como a mensageira do Senhor, seus escritos são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção à Igreja.” Se os “escritos dela são uma contínua fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção,” para eles por que precisam da Bíblia? Esta perdeu sua razão de ser. Nós aceitamos a autoridade exclusiva da Bíblia: II Timóteo 3:15-16 “E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. 16 - Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;” É proibida qualquer fonte de autoridade à Bíblia: Apocalipse 22:18 - Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele às pragas que estão escritas neste livro;” Dispensemos o livro A GRANDE ESPERANÇA se alguém nos quiser presentear com ele.    TENHAMOS CUIDADO!



Pr. Natanael Rinaldi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?