JOVEM PENTECOSTAL É DEMITIDA POR NÃO PODER USAR CALÇA COMPRIDA


Na atualidade, quase não se fala mais em usos e costumes religiosos, na qual a Assembléia de Deus tem se destacado em relação ao modo de se vestir, como nas mulheres a proibição de usar calças e sim saias. O sistema cristão de viver tem sido renovado até mesmo dentro das igrejas pentecostais, que eram conservadoras e que hoje não são mais. Aquilo que defendiam com unhas e dentes, hoje em dia é desprezado por uma simples frase que não sai da boca de certos crentes: "Não tem nada a ver". Mas como eu ainda sou de uma Assembléia de Deus, de uma das ultimas cidades que ainda aderem os usos e costumes prudentes assembleianos, eu defendo a maneira de vida que certas doutrinas denominacionais quer que aderimos.

Pra mim, roupa nenhuma leva ao céu, a questão da maneira de se vestir é que contribui muito para o testemunho cristão. No caso da Assembléia de Deus da minha cidade, que é 100 % conservadora, onde a mulher deve usar saia, não pode cortar o cabelo, não pode usar maquiagens fortíssimas (antes não podia de jeito nenhum)... e por aí vai. Temos essa norma, e os que fazem parte deste ministério assembleiano deve obedecer aos preceitos da igreja. Mas muitos não querem, pois dizem: "Eu não obedeço denominação, eu obedeço a Bíblia". Mas estes que dizem isso, e fazem como querem, assim desobedecendo aos preceitos da denominação na qual faz parte, está também desobedecendo a Bíblia. Pois a Bíblia diz que devemos respeitar as autoridades, e o Pastor de nossas igrejas é uma autoridade constituída por Deus. No caso, muitas mulheres não gostam de usar saias, usam calças, mas continuam dizendo que são cristãs e que Roupa nenhuma leva aos céus. Realmente, roupa não leva aos céus, mas a desobediência vai sim, impedir a entrada de muitos nos céus.

Mas eu pensava que essa questão estava limitada apenas aqui no Brasil, pensei que no exterior, já que lá as coisas são bem avançadas, já não existia mais essa questão de usos e costumes, e que se isso fosse algo insignificante, Satanás não intentaria contra essas coisas. Mas eu me surpreendi ao ver uma notícia de que uma garota foi demitida por não ceder a pressão da empresa na qual foi contratada, a usar uma calça pois ela era crente e sua denominação não permitir tal coisa. Veja o artigo, pois ele fará por si próprio; e ao terminar, responda a si mesmo, essa questão é inútil?


Uma jovem cristã está processando a rede de lanchonetes Burger King por ter sido demitida no seu primeiro dia de emprego, por pedir para usar saia ao invés de calça no trabalho.
Ashanti McShan, 17 anos, afirma que por ser cristã pentecostal só poderia usar saia, e por isso foi discriminada pela rede de lanchonetes por causa de sua posição religiosa.

A jovem conta que durante as entrevistas ela falou sobre sua crença religiosa e que por isso só poderia usar saias ou vestidos, nunca calças. Segundo a jovem, o entrevistador, na ocasião, gerente da franquia local, disse a ela que era possível usar saia e a contratou como caixa.

Porém, em seu primeiro dia de trabalho, numa loja da rede em Grand Prairie, no Texas (EUA), o gerente teria dito que ela seria obrigada a vestir as calças do uniforme. Por isso, acabou sendo demitida.
De acordo com o advogado da jovem, Meaghan Shepard, ela contatou o entrevistador inicial, mas a empresa nunca a chamou de volta.  Após o episódio, a jovem entrou com um processo por discriminação religiosa.

A legislação trabalhista americana garante que os empregadores devem respeitar as práticas religiosas de seus empregados, desde que elas não causem “grandes dificuldades”.
Segundo o The Washington Times a abertura de exceção no código de vestimenta é o segundo pedido mais comum que os funcionários religiosos fazem, ficando atrás apenas dos pedidos de dispensa para celebrarem os feriados religiosos.

De acordo com o AOL, o advogado da jovem afirma estar particularmente impressionado com o caso de McShan, porque o incidente teria mudado “a forma como ela olha para o mundo”. Shepard explica que sua cliente “nunca imaginou que as pessoas iriam julgá-la por algo assim”, e que o caso abalou o psicológico da jovem, mas não a sua fé.

Fonte: http://www.verdadegospel.com/jovem-pentecostal-e-demitida-por-nao-poder-usar-calca-comprida/?area=4

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?