NAMORO ENTRE PESSOAS DE DENOMINAÇÕES RELIGIOSAS DIFERENTES. DAR CERTO?


Eu falei no artigo anterior sobre namoro entre cristãos e não cristãos. Agora quero falar sobre mais uma dúvida óbvia de jovens cristãos a respeito de namoro, mas dessa vez quero ressaltar sobre namoro Inter-religioso (posso usar essa palavra?), melhor dizendo, namoro entre pessoas de denominações religiosas diferentes.

Um jovem assembleiano pode namorar uma jovem adventista do sétimo dia? Uma testemunha de Jeová pode namorar um batista? Na questão dos TJs, que ao meu ver é uma denominação bem organizada em seus quesitos próprios, não permitem que seus membros se misturem em relacionamentos conjugais com pessoas de outras denominações; só podem ter relacionamentos com pessoas da mesma organização. Então a ideia de um evangélico namorar com uma TJ não cola, a não ser que ambos estejam violando as leis religiosas, que é pecado e seguindo a vontade da carne sem dar importância aos seguimentos de preceitos morais de ambas denominações.

Um assembléiano namorar com uma adventista do sétimo dia não cola, é jugo desigual. Os assembleianos, como muitos outros evangélicos, são livres e vive na graça, sem se prender a preceitos de leis que aprisionam muitos que se dizem cristãos, no caso dos adventisas sabatistas que se prenderam a alguns versos do Antigo Testamento e das leis antigas, e estão lá preso até hoje. Não dar pra um assembleiano e uma adventista namorar, porque namorar com grades no meio não dar.

Aliás Um assembleiano crê que exista um inferno, de consciência após a morte, da destruição (Mt 5.17) de preceitos antiquados (como a guarda do sábado) e muitas outras diferenças doutrinárias que fazem uma grande separação de ideais, formando um grande abismo entre um e outro. Também não dar certo um adventista do 7° dia namorar uma garota espírita, pois a que é da denominação espírita crê em reencarnação e essa coisas que todo mundo sabe; já os adventistas não concordam com isso e seguem a bíblia no mais absurdo literal, ultrapassando os limites adequados para uma excelente vida cristã.

O que tudo isso tem a ver? Tem muito a ver. Muitos jovens cristão tem uma maneira errônea de entender o que seja namoro. Muitos são capazes de suspender, colocar em segundo plano os preceitos religiosos ou até mesmo bíblicos para satisfazer os desejos e a vontades da carne, simplesmente por uma paixão até; Colocar o namoro acima de Deus. Namoro é início do conhecimento para se chegar ao noivado e em fim o casamento. No namoro é onde você vai descobrir os gostos, como que seu namorado é, de que perfume ele gosta, que estilo de vida ele leva, como é o temperamento dele... Em fim é um procedimento de observância e análise de ambos para determinada conclusões de uma vida conjugal. É no namoro que você vai decidir se é ou não é o que você quer para o resto da vida.

No namoro é onde você pode desistir, de você tomar muito cuidado com suas escolhas, para que não veja acontecer de você se arrepender mais tarde, ou seja, separação simplesmente por enjoar cara da esposa, que é o que vem acontecendo muito nos dias de hoje, que até virou moda o divórcio.

Não tem como, de forma nenhuma, um cristão autêntico consumar um casamento com uma pessoa de denominação diferentes. Isso falo para pessoas que realmente querem seguir uma vida corretamente mediante a palavra de Deus, na qual o Espírito Santo domina a vida.

Os assembleiano pentecostais que são do fogo, que falam em línguas estranhas e tudo mais, não batem com os adventistas sabatistas que acham que pentecostalismo é uma mera manifestação demoníaca. Aí como é que um assembleiano pentecostal vai namorar uma adventista do sétimo dia, sendo que ela achará o namorado um endemoninhado? Então não dará certo, poque pode haver uma discussão, um debatendo com o outro, e convicções serão exaltadas. E Jesus não gosta de debates, é tão tal que o apostolo Paulo diz: "Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente." (Rm 14.5). Ou então a melhor solução não é se envolver, ou então um ceder aos preceitos que o outro segue.

Então seguindo este exemplo podemos concluir que ambos, Assembleianos e adventistas sabatistas se consideram cristãos autênticos, usam a mesma tradução da Palavra de Deus, mas têm interpretações e ideias diferentes, sendo assim já se torna jugo desigual (2 Co 6.14) condenado pela Bíblia que ambos usam e seguem como uma bússola em que levara a vida eterna.

Que todos tenham entendido.

Na Paz de Cristo a Todos

Neymarques Feitosa

Comentários

  1. Realmente... Assim como é díficil namoro entre não cristãos, namoro entre cristãos com denominações diferentes como, adventistas sabatistas e assembleianos, creio que fica no mesmo âmbito. Não dá. Agora batistas e metodistas... Creio que são parecidos. Talvez de certo! Não Sei. Mas TJ e Adenvistas, são fortes em seus conceitos doutrinários errados. Com certeza, esses só ficam entre eles mesmos... Rsrs. Otimo artigo.

    Paz.

    LAIS-PR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem tropeça num mandamento,não adianta seguir os outros,errado mesmo é quem não estuda a fundo as doutrinas de outras igrejas e se dizem certos.
      sou Adventista, e sempre dizemos que fazemos tudo o que quisermos,somos livres não é ?
      mas,entra a questão de consciência e carater para fazer o que é certo !
      leia a Biblia!!!

      Excluir
  2. Pri Jovem cristã assembleiana2 de agosto de 2011 13:51

    Olá!
    Pessoal não vou descordar e nem concordar com esse artigo, pois sou assembleiana e namoro um TJ.
    Temos as mesmas ideias em algumas coisas.. e as diferenças só nos fazem refletir cada vez mais sobre a palavra de Deus.

    bjosss

    ResponderExcluir
  3. Jovens assembléanos podem namorar jovens presbiterianos?

    ResponderExcluir
  4. gente é julgo desigual e pronto,DEUS só responde de duas formas : SIM ou não,nã tem mas nem menos,se vc quer ser um cristão de verdade seja,poisse DEUS está te dizendo que vc vai ter problemas com o julgo desigual é porque vai e pronto,já vive com um adventista eU sou adventista,mas ele se desviou e nesse meio termo afirmo que não tem inferno pior que morar juntos a luz e as trevas,ou seja,um qur fazer a vontade de DEUS e outro que quer sempre fazer a vontade da carne ,nisto há comunhão??nenuma!!só sofrimento!!abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá amigo, a paz! Referente ao namoro de um cristão autêntico (equívoco achar que só são os da AD's)com membros de religiões pseudo-crstãs não tem fundamento bíblico! Porém é irresponsabilidade ensinar que um Batista não possa namorar um Assembleiano ou Presbiteriano e vice versa. Não encontramos apoio bíblico e teológico para isso. O texto bíblico que afirma que veremos diferença entre justos e injustos não se aplica a duas pessoas (independente da denominação)que nasceram de novo e vivem uma vida piedosa em Cristo Jesus. Algumas Assembléias de Deus continuam colocando esses ensinos extra biblicos na cabeça dos indivíduos. Vale salientar que ensinadores e escritores assembleianos não concordam com essa postura de alguns seguimentos da denominação. Devemos voltar para o SOLA SCRIPTURA ensinado por Lutero e que Deus afaste de nossos corações esse pecado denominado de denominacionalismo o qual faz parte da idolatria! Engana-se quem acha que encontrará um parceiro que pensa 100% como ele. Até assembleianos tem visões diferentes dentro da própria denominação, se assim nã fosse não existiria essa guerra travada pelo controle da presidencia da denominação! Agora referente aos TJ's, não precisa nem comentar, isso fere os principios bíblicos, os TJ's é pseudocristã.

    Diego Conceição

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que vcs nunca viram na bíblia que um marido santo santifica a esposa e vice-versa. A bíblia recomenda que não haja ligações assim, mas se já estão juntos e se amam, a bíblia recomenda nunca separar-se. No meu caso, eu sou de uma religião (q não importa declarar) e minha namorada, de outra, sendo as duas evangélicas bastante diferentes

    ResponderExcluir
  7. Acho que se existe amor DE VERDADE não interessa de qual religião você é,é errado mostrar isso,não é religião nenhuma que vai fazer uma pessoa deixar de amar a outra.

    ResponderExcluir
  8. Eu sei bem o que é isso.
    Eu, que sou espirita e uma garota que é batista gostávamos muito um do outro, e caminhávamos para um namoro, mas quando ela soube que eu sou espirita, tudo se foi.
    Um preconceito infeliz. Ou esqueceram ou não querem lembrar da parábola do bom samaritano, preferem se esforçar por serem zeladores de moisés, a serem irmãos em Cristo Jesus, que nunca separou nem segregou.

    ResponderExcluir
  9. primeiro Adorei o artigo muito bom. mesmo quem achar alguma palavra na biblia ao contraio posta aqui ficarei atento para tb responder.
    Pronto lá para Breno. "Eu acho que vcs nunca viram na bíblia que um marido santo santifica " Breno na Paz, se vc achar um marido ou esposa santa me avisa tou querendo ver um com meus olhos, até hoje só veio um a terra e mataram ele. Questão de interpretação, nem todos que estão na igreja é santo, tem tanta gente do lado de fora dela considerado mais santo de quem esta dentro. voltando aqui questão de interpretação na palavra santo.
    Pronto lá para: Anônimo says: 12 de setembro de 2011 10:43
    "gente é julgo desigual e pronto,DEUS" Na paz irmão, o juldo desingual pelo menos na palavra que achei não si cabe a casais gente, o homem vai encontrar uma mulher e nela si formar uma só carne. desingual é o que estão fazendo aprovando casamentos do mesmo sexo gente. opnião propria e fundamento biblico. Obg pelo espaço gente!!! Email: leandrokessio@hotmail.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MASTURBAÇÃO FEMININA

POR QUE NÓS CRISTÃOS DEVEMOS SER DIFERENTES?

COMO ASSIM OS TÍMIDOS NÃO HERDARÃO O REINO DOS CÉUS?